É preciso ter Projeto de Vida



Histórias são recursos poderosos para promover reflexões, foi aí que busquei inspiração para mobilizar a competência 6 da BNCC com meus alunos.

A competência 6 da BNCC diz:

“Valorizar a diversidade de saberes e vivências culturais e apropriar-se de conhecimentos e experiências que lhe possibilitem entender as relações próprias do mundo do trabalho e fazer escolhas alinhadas ao exercício da cidadania e ao seu projeto de vida, com liberdade, autonomia, consciência crítica e responsabilidade.”

Obs. Ao final da página tem alguns links de materiais que auxiliam o entendimento dessa competência. 

Embora desde 2015 já consta no trabalho desenvolvido por mim na Escola Municipal José Carlos Pimenta o viés Projeto de Vida, a BNCC vem agora fortalecer essa ideia e ajudar a dar rumos nesse sentido. Eu tenho ainda minhas desconfianças com relação a como a BNCC será utilizada pelos gestores das pastas da Educação nos níveis Federal, Estadual e Municipal, mas também vejo nela uma importante aliada no trabalho. Foi nela inclusive que fui buscar mais suporte para aperfeiçoar esse projeto que desenvolvo desde 2018 com meus alunos.

Pensei o projeto Projeto de Vida dentro das minhas aulas de Língua Portuguesa como um guarda-chuva para abrigar uma série de ações com o intuito de trabalhar a competência 6. As ações vão de exibição de filmes, reportagens e documentários, leituras, produções até a nossa cereja do bolo, ação que demos o nome de Minha História de Sucesso.

A ação consiste em escrever um livro com coletâneas de minibiografias reais. Em comum, todos os personagens biografados são reais e possuem histórias de ascensão e sucesso intimamente ligadas a educação, formal ou informal. É importante ressaltar que o conceito de sucesso e ascensão que trabalhamos diz respeito a alcançar vidas com mais qualidade, realizar sonhos, melhora de estilo de vida, ingresso em um curso superior, criação de um negócio etc. Não tem a ver com grandes fortunas e sucesso midiático.

O ponto alto, a experiência que cria memória e gera engajamento nos alunos é uma sessão de entrevista com o próprio biografado. Periodicamente, possivelmente uma vez por mês, receberemos o convidado para uma entrevista nos moldes Roda Vida. Ele ao centro e os alunos ao redor fazendo perguntas e anotações para levantar os dados que, nas aulas seguintes, fomentarão produções textuais do gênero biografia.

Na nossa primeira edição da ação recebemos um advogado, funcionário público, que veio de em uma fazenda no interior para a capital com o sonho de estudar Direito. Com uma vida escolar marcada por uma série de dificuldades ele decide que não queria ser mais uma geração da família a viver do trabalho na roça. De família humilde, com dificuldades para manter-se estudando na cidade grande ele enfrenta grandes desafios até realizar seus sonhos.

Faz bem ouvir uma história como essa, ela causa identificação imediata com meus alunos, oriundos de uma escola rural. Depois da entrevista originalmente prevista para durar 1 hora mas que acabou se estendendo por quase 3, os alunos se jogaram na produção textual, nível de engajamento bem maior que nos contextos usuais de produção. Além disso, ouvir o relato do próprio dono promovei ainda reflexões profundas e autoanálises profundas que poderão acionar novas posturas diante das vidas que eles levam.

Para o texto não ficar muito longo vou acabando por aqui, no próximo post falarei sobre como estou mediando a produção da minibiografia e trabalhando os conteúdos tradicionais de Língua Portuguesa.

Se gostou do texto, compartilhe ele em suas redes sociais, indique a amigos, ajude-o a ser lido. Se tem comentários a fazer, use a área para comentários aqui embaixo e manda ver.

Até!

Links que ajudam a entender a competência 6 da BNCC:

Aula de projeto de vida prepara jovens para desafios.

6. Trabalho e projeto de vida – A BNCC nos currículos

Competência 6: trabalho e projeto de vida